Onda net

Publicado em 12/11/2017 17h12

Ricardo lança matrículas 2018 e anuncia expansão das Escolas Cidadãs Integrais

O governador Ricardo Coutinho lança, nesta segunda-feira (13), as matrículas da Rede Estadual de Ensino para 2018 e anuncia a expansão das Escolas Cidadãs Integrais. A solenidade será realizada na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, do Espaço Cultural José Lins do Rego, a partir das 10h.

Além do governador Ricardo Coutinho, participarão da solenidade o secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade de Barros, a secretária executiva de Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho, e o secretário executivo de Administração de Suprimentos e Logística da Educação, Arthur Viana Teixeira.

O acolhimento e recepção ao público acontecerão com a apresentação de uma Banda Marcial que conta com a participação de alunos das Escolas Cidadãs Integrais (ECI) do Estado, na Praça do Povo e Mezanino. Na sala de concertos, o evento terá início com a apresentação de alunos do Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima).

Após as apresentações artísticas acontecerá o lançamento da Plataforma “Aprendizagem em Foco”, a apresentação do Mapa de Expansão das Escolas Cidadãs Integrais na Rede Estadual e a assinatura da Medida Provisória que institui a criação das Escolas Cidadãs Integrais, assim como a assinatura do Edital do Processo Seletivo Simplificado para as Escolas Cidadãs Integrais (ECI) e Escolas Cidadãs Integrais Técnicas (ECIT) para gestores, professores e coordenadores. Em seguida, será realizado um ato simbólico de matrícula de estudantes na Escola Cidadã Integral.

Matrículas – Os estudantes veteranos da Rede Estadual, em todas as etapas e modalidades de ensino, podem renovar a matrícula até o dia 30 de novembro. De 1º a 21 de dezembro serão abertas as inscrições para os estudantes novatos. A efetivação das matrículas, com possíveis ajustes, está agendada para o período de 22 a 29 de dezembro. Nos dias 1, 2, 5 e 6 de fevereiro acontecerá planejamento do ano letivo. As aulas do ano letivo de 2018 começam no dia 7 de fevereiro. A rede estadual tem capacidade para 500 mil vagas. O Governo do Estado garante vagas para todos os estudantes que procurarem a Rede Estadual de Ensino.

Para efetivar a matrícula, os alunos veteranos devem procurar a escola para que seus dados sejam validados no Sistema de Gestão de Informação e Serviços (Saber), que realiza a gestão das informações da Rede Estadual de Ensino por meio de ferramentas capazes de monitorar a informação e gerar o conhecimento necessário para subsidiar tomadas de decisão, aumentando a qualidade dos serviços prestados e otimizando a aplicação dos recursos públicos.

Já os alunos novatos devem procurar a escola para preencher a ficha de inscrição, que deverá ser assinada pelo responsável, caso o aluno tenha menos de 18 anos, ou por ele mesmo, se tiver mais de 18 anos. Além da ficha, os novatos devem levar cópias da certidão de nascimento, RG e CPF, duas fotos 3×4, comprovante de residência e histórico escolar emitido pela escola de origem.

Escolas Cidadãs Integrais – Em 2017, a Paraíba contou com 33 Escolas Cidadãs Integrais que beneficiaram cerca de 11 mil estudantes. Para 2018, o Governo do Estado ampliará este número para 100 escolas, que beneficiarão aproximadamente 35 mil estudantes da Rede Estadual de Ensino.

As Escolas Cidadãs Integrais contemplam um projeto de escola pública com a proposta de organização e funcionamento em tempo integral. Trata-se de uma política pública de educação integral, inserida nos Planos Estadual e Nacional de Educação.

As Escolas Cidadãs Integrais Técnicas seguem o mesmo projeto pedagógico da Escola Cidadã Integral, mas tendo como diferencial os cursos técnicos. Ambas têm como foco proporcionar aos jovens uma formação integral, contribuindo para que os estudantes sejam protagonistas em seus locais de atuação.

O projeto pedagógico escolar trabalha a partir de três eixos: Formação Acadêmica de Excelência; Formação para a Vida e Formação para o desenvolvimento de competências do século XXI. Por meio da disciplina “Projeto de Vida”, que representa o eixo de formação para a vida, os estudantes são levados a refletir sobre os seus sonhos, suas ambições e aquilo que desejam para as suas vidas, levando-os a se questionarem sobre onde almejam chegar e o que as pessoas pretendem ser. E a partir desta reflexão e do trabalho de orientação do professor, elaboram seu projeto de vida, focado nas aspirações e nas estratégias para alcance dos objetivos.

A Escola da Cidadã Integral foi concebida a partir de uma visão do jovem que, ao final da Educação Básica, constitua e consolide uma forte base de conhecimentos e de valores; não seja indiferente aos problemas reais que estão no seu entorno e se apresente como parte da solução e agregue um conjunto amplo de competências que o permita continuar seu aprendizado nas várias dimensões de seu cotidiano, executando o seu Projeto de Vida.

A Escola Cidadã funciona em tempo integral com 9 aulas diárias, com um currículo integrado formado por disciplinas da base comum curricular, disciplinas da parte diversificada e disciplinas da base profissional, no caso das Escolas Cidadãs Integrais Técnicas (ECIT).


TAGS
    Nenhum resultado encontrado.


COMENTÁRIOS
Bookmark and Share