Onda net

Publicado em 30/05/2019 10h26

Ameaças de ataque cancelou aulas em pelo menos 8 escolas de CG


Ameaças de ataque, cancelou aulas em pelo menos oito escolas estaduais de Campina Grande que não tiveram aulas ontem, 29, e algumas delas estão com suas atividades suspensas desde a última segunda-feira, 27. A paralisação é consequência das ameaças de ataques terroristas, realizados na última semana, por alguns usuários da deepweb, onde colocavam hoje como data do suposto ataque.
 
A informação foi dada pelo vice-presidente da Associação dos Professores de Licenciatura Plena do Estado da Paraíba (APLP), Odenilson Medeiros, que ressaltou o clima de pânico e terror dos professores, funcionários, pais e alunos da rede estadual.
 
“Pelo menos oito escolas paralisaram suas atividades e só retornam segunda-feira. Estamos cobrando do estado providencias por mais segurança na rede pública estadual, pois não existe uma vigilância 24h, praticamente não existem porteiros. A APLP está acompanhando a situação e já acionamos a 3ª Regional de Ensino e nossa pauta é para que o Estado adote um plano de segurança para as escolas estaduais”, disse.
 
O professor ressaltou que se a 3ª Regional de Ensino não tomar providências, a APLP irá acionar o Ministério Público. As escolas estaduais que não tiveram aulas hoje, 29, foram: Severino Cabral, Itan Pereira, Alceu Amoroso Lima, Carlos Drumond de Andrade, Ademar Veloso da Silveira, Caique José Joffili, Premen e Raul Córdula.
 
Policiais Militares visitaram várias escolas de Campina Grande, ontem (29), em um trabalho de prevenção para tranquilizar alunos, pais e funcionários de escolas do município após os boatos sobre a ameaça de um suposto ato terrorista em uma das unidades escolares da localidade. Foram visitadas escolas nos bairros Pedregal, Centenário, São José, Prata, Monte Santo, Jeremias, Malvinas, Centro, Cruzeiro.
 
PBagora


TAGS
    Nenhum resultado encontrado.


COMENTÁRIOS
Bookmark and Share